Diáspora






(...)
Avante, Rom, agora é o momento,
Vem comigo Povo Rom do mundo
Da cara morena e dos olhos escuros
De que eu tanto gosto como das uvas negras

Ai, Povo Rom, ai, rapazes!










© Luis Conde
Texto, excerto de Gelem Gelem, hino internacional do povo cigano ou Rom
Bailarina: Mónica Roncon